0800 940 8840
Horário de atendimento:
24 horas
TUI DE

As cachoeiras da Serra do Cipó

Cachoeira Serra Morena I
Cachoeira Serra Morena II
Cachoeira Grande
Cachoeira Farofa
Cachoeira do Tombador

Natureza exuberante perto da capital
A Serra do Cipó é famosa por suas cachoeiras. Algumas ficam em propriedades particulares, outras dentro do Parque Nacional, que tem entrada gratuita. A zona é bem sinalizada e apenas o clima pode dificultar o passeio, que exige apenas um visitante disposto a caminhar ou a andar de bicicleta para chegar até as atrações. Uma das mais bonitas é a da Farofa, que tem um trajeto bem fácil porém, longo: são oito quilômetros para ver a queda de 40 metros. Compensa o banho refrescante no Córrego Grande, que forma uma piscina natural, cercada de pedras.

O segundo local mais procurado pelos visitantes do Parque é o Cânion da Bandeirinha, também chamado ‘Desfiladeiro’. São quatro quilômetros água cristalina com inúmeras piscinas naturais e cascatas, emoldurados por paredões de rocha de 80 metros de altura, enfeitados com vegetação típica da zona. São várias cachoeiras pelo caminho, pequenos riachos e muita mata. Mas tudo bem sinalizado para ninguém se perder, pois são doze quilômetros de estrada até o paraíso. A dica é ir bem cedo, se possível de bicicleta para chegar mais rápido, e contratar um guia. O passeio dura o dia inteiro, então não acrescente nenhum outro programa à jornada.

Outros caminhos ecológicos para percorrer na Serra do Cipó levam até a Cachoeira Grande, uma queda de nove metros que corta um paredão de 50 metros de extensão; a Cachoeira Véu da Noiva, com três quedas de até 120 metros; as de Serra Morena I e II; a do Tombador e a de Congonhas, também com trilha e belas paisagens. Desde as cidades de Jaboticatubas ou Santana do Riacho é possível chegar a todas elas, pois são bem conhecidas na região e estão sinalizadas.

Para quem quer explorar a área arqueológica, outra opção dentro do Parque é visitar os sítios com pinturas rupestres, que identificam presença humana desde pelo menos 10.000 anos atrás até os índios da etnia tupi-guarani, que viveram ali mais recentemente.

O que saber antes de ir

Todas as cachoeiras possuem limite de visitantes por dia. O ideal é entrar em contato com o local desejado e se informar sobre as restrições, além de obter informações sobre guias e medidas de segurança. Cachoeira Grande: R$30 (a partir de 11 anos), (31) 3718-7044. Cachoeiras Serra Morena (31) 3486-1421 e (31) 9977-1421. Cachoeira Véu da Noiva (31) 3718-7096 e (31) 3274-2749. Cachoeiras do Parque Nacional contatar o ICMBio (31) 3718-7151 nos ramais 7475, 7481 ou 7469. Para consultar os mapas das trilhas para as cachoeiras do Parque Nacional da Serra do Cipó e outras informações visitar o site: http://www.icmbio.gov.br/parnaserradocipo/

Como chegar e quando ir

De junho a setembro é o período ideal, pois chove menos e, apesar das cachoeiras não ficarem tão vistosas, a água é mais transparente e o caminho até elas, mais fácil. Para explorar a região o melhor é se hospedar em alguma pousada na Serra do Cipó, que é acessível através de estrada asfaltada desde Belo Horizonte até Jaboticatubas, cidade que é ainda mais próxima do aeroporto de Confins, que fica a menos de 70 quilômetros. Quem quiser ir de ônibus, também há cinco saídas diárias desde a rodoviária da cidade pela empresa Saritur (R$28 por trajeto).

Top 5 Hotéis

Brasil, Brasil - Região Sudeste, Belo Horizonte

Fasano Belo Horizonte

31 outubro 2020, 2 noites, 2 Pessoas, Café da manhã
Brasil, Brasil - Região Sudeste, Belo Horizonte

Max Savassi Apart Service

31 outubro 2020, 2 noites, 2 Pessoas, Café da manhã
Brasil, Brasil - Região Sudeste, Belo Horizonte

Ouro Minas Palace Hotel

04 novembro 2020, 2 noites, 2 Pessoas, Café da manhã
Brasil, Brasil - Região Sudeste, Belo Horizonte

Ramada Encore by Belo Horizonte Luxemburgo

31 outubro 2020, 2 noites, 2 Pessoas, Café da manhã
Brasil, Brasil - Região Sudeste, Belo Horizonte

Holiday Inn Belo Horizonte Savassi

30 outubro 2020, 2 noites, 2 Pessoas, Café da manhã