0800 940 8840
Horário de atendimento:
24 horas
TUI DE

A milha do curry: o sabor do exótico

Milha do curry.
Samosas.
Milha do curry

Marketing Manchester

Em Manchester, a milha do curry converteu-se em um paraíso culinário com delícias asiáticas para todo os gostos e carteiras.
Luzes de néon deslumbrantes, o cheiro de milhares de especiarias diferentes, o zumbido dos carros e das pessoas falando em mais de dez línguas diferentes. À primeira vista, poderia se tratar de uma cidade indiana qualquer. Mas estamos em Manchester e, mais especificamente, em Wilmslow Road, uma das ruas mais movimentadas do município. E tudo isso por causa do curry. A história da atualmente denominada "milha do curry" começa no anos 1950. Nesta década, os empresários britânicos precisavam de trabalhadores para suas fábricas têxteis em pleno crescimento e decidiram procurá-los na Ásia. Milhares de homens, mulheres e crianças imigraram para o norte da Inglaterra. Alguns historiadores calculam que, já nos anos 1960, 90% dos trabalhadores da indústria têxtil da cidade provinham do Paquistão, da Índia e de outros países que têm uma relação histórica estreita com o Império Britânico. Estes imigrantes precisavam de alojamento e encontraram casas geminadas baratas nos bairros de Levenshulme e Rusholme, a apenas alguns quilômetros do centro da cidade.

Apesar de estes novos residentes terem se adaptado à comida típica do novo país, não tardaram a importar a autêntica comida asiática a que estavam habituados. Foi isso o que levou um empreendedor indiano a abrir o New Taj Mahal Restaurant, no fim dos anos 1950. Inspirados pelo sucesso que este restaurante teve, novos estabelecimentos dedicados a este tipo de comida foram surgindo. Assim, os habitantes locais começaram a gostar dos produtos com especiarias, sobretudo o curry, e muitos restaurantes típicos da área começaram a incorporar pimenta nos seus pratos locais.

A década de 1980 foi a época de ouro da milha do curry. Além dos restaurantes, das confeitarias indianas e das cafeterias onde se pode fumar narguilé, surgiram lojas asiáticas de música e moda. Os empreendedores indianos também importaram a técnica da pechincha, sobretudo no preço da comida, algo que nunca se havia visto na cidade. Hoje, praticamente ninguém almoça ou janta por ali sem antes pechinchar um pouco com o garçom, ainda que seja apenas para conseguir uma caneca de cerveja gratuita. Pechinchar é quase obrigatório ao se entrar pela porta de qualquer destes estabelecimentos.

A população estudantil de Manchester foi a que converteu Wilmslow Road em uma das ruas mais movimentadas do norte da Inglaterra. Por não poderem pagar os aluguéis mais elevados do centro da cidade, os proprietários não subiram os preços das casas, situação que favoreceu os bolsos dos jovens estudantes.

Hoje em dia, este bairro indiano reúne por volta de setenta estabelecimentos em um 1,5 quilômetro. É como ter um pedaço da Índia nos arredores da cidade. Em meio aos restaurantes exóticos e das lojas de comida para levar, vários bares tradicionais se mantêm em funcionamento com o The Huntsman Inn à frente da lista, o mais popular entre o público estudantil.

Quando visitar o bairro?

Uma bebida em um bar e um prato com curry: qual a ordem a seguir? Ao longo da milha do curry, podem ser encontrados dois grandes grupos que caminham em sentido contrário. Para um lado vão os estudantes, entre as 20h e 21h, a partir das residências mais próximas, para comer por poucas libras antes de se dirigir aos bares do centro, onde terminarão a noite. No sentido contrário segue uma clientela adulta que frequenta estes restaurantes no caminho de volta para casa, depois de passar uma tarde comprando ou fazendo turismo. Esta mistura faz com que a rua esteja sempre cheia de gente até depois da meia-noite.

Cozinha em constante evolução

Os cozinheiros da milha do curry souberam se adaptar aos tempos. Enquanto, no passado, muitos clientes preferiam a quantidade à qualidade, hoje em dia os gostos mudaram. Com o tempo, foram chegando à cidade excelentes locais de cozinha indiana que vão aumentando o nível e a variedade dos pratos. Restaurantes como Mughli ou Mylahore Café consolidaram-se como lugares de referência no município inglês. Quanto tempo mais esperaremos para que um chef da milha do curry conquiste uma estrela Michelin?