0800 940 8840
Horário de atendimento:
24 horas
TUI DE

Começar a casa pelo telhado

VDNKh
Gostiny Dvor
Cultural Pavilion at VDNKh

Recentemente, uma casa construída ao contrário transformou-se em uma atração de sucesso em Moscou. Além de cultura, gastronomia ou compras, o turismo exige cada vez mais novas experiências.
Moscou é uma cidade culturalmente vibrante. É o berço de lendários escritores, bailarinos e músicos, e boa parte da sua oferta turística gira ao redor das grandes figuras do mundo da arte e dos seus carismáticos líderes políticos. No entanto, os tempos atuais pedem novas atrações visuais, e foi assim que esta casa se tornou famosa. Foi instalada em janeiro de 2014 no parque VDNX e, em poucas semanas, transformou-se em um espaço muito popular. É uma casa de campo de estilo europeu com telhado de duas águas e está, literalmente, cravada no chão. Distribuídos em dois andares, dispõe de um dormitório principal, um quarto para crianças, sala e cozinha. Os cômodos foram construídos em tamanho real e não falta nenhum detalhe: camas, tapetes, cadeiras, vaso sanitário, pia, sofá e até o café da manhã servido na mesa da cozinha. Há também um carro estacionado na entrada da residência, suspenso sobre as cabeças dos visitantes.

O responsável pelo projeto, Alexander Donskói, revelou que a construção desta original casa invertida foi levada a cabo em apenas 45 dias, tendo sido utilizados materiais comprados em lojas comuns. O realismo é tal que, segundo seu criador, se a casa fosse virada ao contrário, poderia ser perfeitamente habitável. A estranha sensação que se experimenta ao entrar é a de uma certa vertigem.

Sem refletir sobre essa mudança de perspectiva, parece que o sucesso turístico desta casa invertida reside em motivos muito mais práticos. Na era da selfie e das redes sociais, o objetivo dos visitantes é tirar e compartilhar a foto mais surpreendente, o que é fácil de conseguir nesta casa singular. Abrir a geladeira pendurada no teto, fazer o pino apoiando-se no respaldo de um sofá ou cozinhar levitando, da mesma forma que um dos mais famosos astronautas russos, são só algumas das diferentes imagens que podem ser imortalizadas.

Parque VDNX: maior espaço russo de exposições

O parque VDNX é um espaço de exposições permanente no nordeste de Moscou, perto do centro histórico. Figura entre os 50 centros do gênero mais importantes do mundo e conta com uma grande área recreativa com lojas, cafés, jardins, parques infantis e campos esportivos, além de dois parques de diversões. O percurso pela feira pode ser feito a pé, de patins ou de bicicleta por meio de uma pista especial.

Negócios e congressos

Desde que a Rússia se abriu à economia de mercado, Moscou se tornou sede de feiras e congressos de todos os tipos: negócios, indústria, turismo, arte ou novas tecnologias. Tudo isso em pavilhões como o Crocus Expo, o Expocentre Krasnaya Presnya, o Tishinka, o Sokolniki ou o majestoso complexo Gostiny Dvor, um dos mais belos monumentos arquitetônicos de Moscou. A apenas 150 metros do Kremlin, apresenta grande versatilidade graças a equipamentos completos e aos seus 82 mil metros quadrados de área.