0800 940 8840
Horário de atendimento:
24 horas
TUI DE

São Paulo, capital nacional da pizza

Diferentes sabores de pizzas doces estão entre as atrações das pizzarias de São Paulo.
Speranza, entre as melhores pizzarias de São Paulo.
A pizza estreou no Brasil com a chegada de imigrantes italianos a São Paulo no fim do século XIX.
Pizzas em forma de cone da Pizza Roots.
Pizza margherita artigianale da pizzaria Graça di Napolli para o Festival de Pizzas Orgânicas de São Paulo.

Divulgação / Fábio Nunes Divulgação / Luís Simione

A pizza nasceu em Nápoles, na Itália. Mas foi a brasileiríssima São Paulo quem a acolheu e a transformou em seu prato típico por excelência.
Comer pizza em São Paulo é quase um ritual. Todos os dias, os moradores da cidade consomem aproximadamente um milhão de pizzas, cifra revelada pela Associação Pizzarias Unidas que só a deixa atrás de Nova York, nos Estados Unidos. Quando chega o domingo, esse valor se multiplica consideravelmente, já que é o dia em que a tradição é quase obrigatória e praticada em família. No total, o setor conta com a mão de obra de mais de 170 mil pessoas, configurando uma grande indústria que funciona 24 horas, sete dias por semana.

Quem tem um perfil gastronômico mais clássico pode visitar lugares como a Cantina e Pizzaria Esperanza, no bairro do Bixiga, na Bela Vista. O local completa 60 anos em 2018 e foi a primeira pizzaria da América Latina a receber um certificado de que segue os padrões da pizza napolitana original. O sucesso inicial do negócio da família napolitana Tarallo foi tanto que a levou a abrir sua famosa sede da rua Treze de Maio, que mais tarde ganharia a companhia de uma segunda unidade em Moema.

Com mais de 5.500 pizzarias e um consumo de cerca de 720 pizzas por minuto, não faltam opções de estilos e sabores de pizzas em São Paulo. As mais pedidas são as de mussarela, calabresa, portuguesa e frango com catupiry. No entanto, os fãs da pizza também têm grandes chances de se deparar com exotismos como pizzas de manga, da Leona Pizza Bar, ou de cheeseburguer, da Pizzaria Faronella. Isso sem falar de invenções como pizzas de sushi ou chocolate.

A variedade não para por aí e se estende também ao formato desse icônico prato. É possível encontrar pizzas redondas, quadradas, de metro, no cone, em pedaços e até propositalmente gigantes. Muito comum entre churrascarias, a moda dos rodízios também chegou ao mundo da pizza. Caso queira que sua visita à pizzaria faça valer cada centavo pago, vá até a Pizzaria Dona Mariana, situada no bairro de mesmo nome, e experimente 26 tipos de pizzas por cerca de R$ 30, entre doces e salgadas.

Novidade italiana do final do século XIX, a pizza foi apropriada por São Paulo para ganhar novas dimensões e recheios. E o lado bom dessa história é que você pode experimentar todos eles – incluindo os mais diferentes - sem sair da capital nacional da pizza.

Comer pizza de forma saudável

A pizza pode ser saboreada semanalmente sem que você acabe com problemas de saúde ou mais massa corporal. Para isso, especialistas recomendam comer no máximo 2 ou 3 pedaços por semana mastigando bem durante a refeição – truque que ajuda a dar sensação de saciedade. Dê preferência a bordas simples – sem nada dentro - e recheios simples, evitando queijos com alto teor de gordura. Outra possibilidade é optar pela massa integral que, apesar de ter praticamente as mesmas calorias que a massa normal, contém mais fibras e facilita a digestão.

Festivais da pizza

O Primeiro Festival da Pizza da Cidade de São Paulo foi encerrado no dia 10 de julho e, por isso, esse dia acabou se transformando no Dia da Pizza. Além desse tradicional evento, a cidade conta ainda com o Festival de Pizzas Orgânicas, que oferece pizzas com 50% de ingredientes orgânicos, e o Festival da Pizza Gelada, promovido pela Graça di Napolli e que assa as massas com gelos sobre elas para que as pizzas fiquem cremosas no centro e crocantes nas bordas.

Top 5 Hotéis

Brasil, Brasil - Região Sudeste, Ubatuba

Pousada Farol do Itaguá

17 agosto 2020, 2 noites, 2 Pessoas, Café da manhã